Com o Cartão do Cliente, você tem acesso a um mundo de possibilidades, além de descontos na programação e atividades do Sesc em Minas.

Tenha acesso a um mundo de possibilidades!

Encontro Latino-americano de Teatro reuniu artistas e produtores de vários países no Sesc Palladium

Publicado em 07 de jun de 2022 às 16:43   |   Atualizado em 07 de jun de 2022 às 16:43

Diferentes sotaques e ideias sobre a produção teatral se cruzaram no Sesc Palladium na última semana. Entre os dias 28 de maio e 3 de junho, a unidade de Cultura recebeu a 3ª edição do ELA – Encontro Latino-americano de Teatro, que neste ano voltou a ser realizado presencialmente. A programação incluiu apresentações cênicas e atividades formativas e de reflexão, movimentando a cadeia produtiva do setor e valorizando a produção local e dos outros países da América Latina.

Entre as atrações apresentadas, tivemos o espetáculo “Príncipe”, do grupo El Masticadero. Trata-se de um monólogo inspirado em “Hamlet”, de William Shakespeare, estrelado pela diretora e atriz boliviana Claudia Eid que fala de “novas masculinidades”.

A artista foi a principal convidada da Oficina de Dramaturgia, focada em criar ferramentas de escrita para a criação de um trabalho cênico, com ênfase na pesquisa, que é a grande fonte de criatividade na dramaturgia.

A programação também contou com a roda de conversa “Circulação e Políticas Públicas para Festivais”, que teve a participação especial da atriz e diretora Virgínia Fdel. Ela é membro fundadora do Sinergia – Festivais Internacionais de Artes Cênicas Online e pertence à Associação de Teatro de Bariloche, da qual é membro da diretoria.  Além disso, atua ativamente na Assembleia de Rionegrinxs Teatrerxs, espaço de construção e militância teatral na província de Río Negro, na Argentina.

Além dela, participaram da conversa Marcelo Bones (Secretaria de Cultura de Contagem e o Observatório de Festivais), Leo Costa (Secretaria de Cultura de Nova Lima) e Keu Freire (Sesc em Minas).

Keu Freire, analista Técnico Social de Cultura do Sesc em Minas, participou do ELA e destaca o sucesso do evento marcado por esse reencontro entre público e artistas:

“Estive presente em dois dias do evento. Assisti ao espetáculo ‘Príncipe’, no Teatro de Bolso do Sesc Palladium, e participei da roda de conversa sobre Circulação e Políticas Públicas para Festivais’. É sempre muito bom participar desses eventos que propiciam encontros entre o público e artistas com suas obras. Assim como foi na Mostra de Tiradentes, neste momento de retomada, o público está sedento por esse encontro presencial com as obras.

Além disso, vale destacar a importância desse encontro internacional dentro da programação do Sesc, com a participação de pesquisadores, produtores de outros países, de BH e Minas Gerais. Foi um momento de diálogo entre integrantes da fundação Municipal de Cultura, representantes das secretarias de cultura de outros municípios, e ainda uma oportunidade para falarmos sobre o que o Sesc em Minas faz pelo fomento aos festivais e mostras em nosso estado”.

Sobre o evento

O ELA acontece em Minas Gerais por idealização das artistas Carolina Correa e Tina Dias, em parceria com as companhias mineiras Armatrux, Atrás do Pano e Grupo Dos Dois, juntamente com Cris Diniz, todos sediados no município de Nova Lima. Já haviam sido realizadas duas edições do Encontro, em 2016 e 2018, com presença de grupos da Argentina, Uruguai, Chile, Espanha, Marrocos, México e Portugal.

Desde então, o ELA mantém o seu objetivo de reunir distintos artistas cênicos ibero-americanos, no intuito de estimular a criação de uma plataforma de internacionalização das artes cênicas em Minas Gerais e valorizar as manifestações artístico-culturais nacionais.

 

 


Acontece

Cultura Os Farofeiros
Cultura Oficina de Tags
Carregar mais