Com o Cartão do Cliente, você tem acesso a um mundo de possibilidades, além de descontos na programação e atividades do Sesc em Minas.

Tenha acesso a um mundo de possibilidades!

Renegado, Sandra de Sá e Lamparina são as atrações do Sesc em Minas na 7ª Virada Cultural de Belo Horizonte

Publicado em 01 de set de 2022 às 16:01   |   Atualizado em 01 de set de 2022 às 16:01

O Sesc em Minas, parceiro cultural da 7ª Virada Cultural de Belo Horizonte, está oferecendo dois shows no festival, que serão realizados na Praça da Estação. No sábado, dia 3 de setembro, às 21h50, apresentação da Banda Lamparina. Já no domingo, dia 4 de setembro, o show será do cantor, rapper e compositor Renegado, que convida Sandra de Sá, às 19h, marcando o encerramento da virada. Toda a programação é gratuita.

O Sesc Palladium, localizado no hipercentro de Belo Horizonte, também oferece programação especial para a Virada no domingo, com destaque para o Espaço Sesc Geek.

 

Programação do Sesc Palladium:

10h às 17h – Espaço Sesc Geek
É um espaço pensado para as pessoas fãs da cultura Geek, tecnologia e inovação. Terá como atrações o Just Dance, explorando a dança para que os participantes se divirtam com as batalhas promovidas pelo jogo; jogos de tabuleiro; e jogos eletrônicos.

10h às 17h – Karaokê Geek com a utilização de adereços e fantasias.

10h às 19h – Instalação “Movente” de Sylvia Amélia
A instalação é composta por elementos visuais e sonoros que dialogam com a memória de Belo Horizonte, dentre eles a Avenida Augusto de Lima, no Centro. Após uma pesquisa histórica realizada com o jornalista João Perdigão, a artista descobriu que diversas árvores do canteiro central da avenida foram cortadas em 1968.  Em “Movente”, a artista propõe, portanto, uma nova paisagem vista do edifício do Sesc Palladium, em que árvores e carros convivem em harmonia.  O segundo eixo da instalação é o efeito sonoro de uma revoada de pássaros, habitantes naturais das árvores que estão presentes agora, nas janelas.

10h às 12h – Oficina de Bolha de Sabão Gigante

10h às 12h – Desenho na calçada
Ação cultural voltada para crianças, adultos e famílias, que oferece oportunidade para poderem desenhar com giz de lousa molhado na rampa da avenida Augusto de Lima.  Trata-se de experiência de ocupação artística do referido espaço urbano e de participação cidadã, visando o embelezamento efêmero da cidade.

 

Sobre a Virada Cultural
Um reencontro com a cidade é a proposta da Virada Cultural de 2022, primeiro grande festival cultural presencial realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte após a retomada dos eventos, que vai ocupar as ruas do centro da capital, nos dias 3 e 4 de setembro, em parceria com o Instituto Periférico. Com mais de 250 atrações na programação, a população é convidada a experimentar e redescobrir ambientes e vivenciar novas formas de ocupação do espaço urbano. E tem novidade: para essa edição, houve um aumento de cerca de 30% das atrações artísticas que acontecem nos trajetos entre os palcos, ampliando, assim, a experiência com a cidade e com o outro. A iniciativa é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura.

Plural, extensa, diversa e reúne música, teatro, intervenções urbanas e performances, entre outras expressões artísticas. Com o tema É Virada & Misturada, a gente junto é mais Feliz, a edição 2022 da Virada terá atividades totalmente gratuitas, no Parque Municipal, Praça da Estação, Viaduto Santa Tereza, Avenida dos Andradas, Rua Guaicurus, Aarão Reis e Praça Sete. Somam-se a essas ações, os mais recentes movimentos de ocupação do espaço urbano – festivais de mappings, pintura de empenas, luzes e festas em locais improváveis da cidade.

Banda Lamparina
Lamparina é uma banda brasileira formada na cidade de Belo Horizonte em 2017. O grupo tem estilo variado, com referências do funk, forró, brega, maracatu, MPB, rock, pagode e samba. Atualmente, é composta por Marina Miglio (vocal), Cotô Delamarque (guitarra, sintetizador e vocal), Calvin Delamarque (baixo), Stênio Galgani (guitarra solo), Bino (percussão) e Thiago Groove (bateria).

Renegado
O cantor, compositor, produtor musical e ator mineiro Renegado, nasceu em Belo Horizonte, na comunidade Alto Vera Cruz. Batizado como afilhado musical do ícone Elza Soares, é um dos mais importantes representantes da música negra brasileira. Os lançamentos ds discos Outono Selvagem pela gravadora Som Livre (2016) e Suíte Masai (2019) ao lado da Orquestra Ouro Preto, confirmam a nova fase do artista, marcante pelo cuidado nos vocais, pela influência da Nova MPB e do Soft Rock, somadas a marcante presença do Rap e do Hip Hop, ritmos consagrados na sua voz.

Sandra de Sá
Com carreira consolidada, Sandra de Sá é uma das grandes referências da representação negra na música brasileira e nos ritmos soul e samba rock do Brasil. É chamada por alguns de “Tim Maia de saias”, por se identificar com o cantor no balanço e no timbre grave da voz, além de suas histórias juntos, como o famoso clipe do hit “Vale Tudo”, em que Tim a escolheu para fazer o dueto com ele.


Acontece

Cultura Doidas e Santas
Cultura Augusta Barna
Cultura Trem Tan Tan
Carregar mais