Com o Cartão do Cliente, você tem acesso a um mundo de possibilidades, além de descontos na programação e atividades do Sesc em Minas.

Tenha acesso a um mundo de possibilidades!

Sesc Palladium é palco da 49ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

Publicado em 08 de jan de 2024 às 17:00   |   Atualizado em 08 de jan de 2024 às 17:00

Mais uma vez, o Sesc em Minas apoia o Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc) na realização da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, que chega à sua 49ª edição em 2024. Até o dia 4 de fevereiro, o Sesc Palladium receberá 12 espetáculos que fazem parte da programação do evento.

As peças serão apresentadas no Grande Teatro e no Teatro de Bolso. Estão em cartaz sucessos de público em edições passadas da campanha, como as comédias “Acredite, um espírito baixou em mim” e “Perigo, Mineiros em Férias”, além de montagens estreantes. Entre elas, se destacam “De salto vermelho”, que aborda temas ligados à diversidade sexual e à homofobia, e “O amante”, cuja trama se debruça sobre a intimidade do relacionamento conjugal entre um homem e uma mulher.

O Sesc Palladium ainda receberá “Filomena – 30 anos de peleja”, uma produção especial da atriz Gorete Milagres, em celebração aos 30 anos de sua personagem Filomena, a popular “Filó”, que marcou época no teatro e na TV.

 

Ingressos

A 49ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança tem o objetivo de promover as artes cênicas na capital mineira, diversificando os públicos e valorizando a produção local. Os ingressos para os espetáculos da programação custam R$ 25, se comprados antecipadamente no site do Sinparc (https://www.vaaoteatromg.com.br/), ou nos postos de venda da campanha, localizados nos shoppings Cidade e Pátio Savassi. Na bilheteria do Sesc Palladium o preço varia entre R$ 52 e R$ 60.

 

Programação

Confira a programação completa dos espetáculos da 49ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança em cartaz no Sesc Palladium:

 

GRANDE TEATRO

 

“Acredite, um espírito baixou em mim”

Datas: 5 a 14 de janeiro

Horários: sextas e sábado, às 20h; domingo, às 18h

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

Sinopse: A comédia tem à frente do elenco Ilvio Amaral e Maurício Canguçú e conta a história de um homossexual assumido que, inconformado com a própria morte, foge do céu para viver novas experiências e acaba criando uma grande confusão após incorporar em um machista radical. Sucesso de público no Brasil, a comédia está comemorando 25 anos em cartaz e já tem mais de 3 milhões de espectadores no teatro e é um grande fenômeno do teatro brasileiro.

 

“Desculpa, não estamos na TV”

Data: 19 de janeiro (sexta-feira)

Horário: 21h

Duração: 80 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: E se houvesse humor em todos os programas da TV? Bruno Berg, Thiago Carmona, Bruno Costoli e João Basílio, do grupo Desculpa Qualquer Coisa, provam que é possível fazer rir em jornais, competições de talentos, documentários e homenagens tipo “esta é sua vida”. Os quadros se sucedem como em uma programação televisiva, com humor inspirado em notícias, comportamento, música e propaganda, incluindo cenas criadas na hora e interação com a plateia.

 

“Perigo, mineiros em férias”

Data: 27 de janeiro (sábado)

Horário: 21h

Duração: 75 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: “Perigo, mineiros em férias” conta a história de um funcionário público estadual que já está a um passo de sofrer um colapso nervoso. Precisando relaxar um pouco, ele aluga um bangalô em Guarapari (ES) e segue para lá com a família: esposa, filha e futuro genro. Tudo perfeito para descansar e revigorar as energias. Mas, de repente, uma simples viagem de descanso pode se tornar uma experiência inimaginável e inesquecível. É riso do início ao fim!

 

“Filomena, 30 anos de peleja”

Datas: 28 e 30 de janeiro

Horários: domingo, às 17h, e terça-feira, às 20h30

Duração: 80 minutos

Classificação: 10 anos

Sinopse: Gorete Milagres estreia o espetáculo “Filomena 30 anos de peleja” onde tudo começou: Belo Horizonte. Filó nasceu do universo caipira mineiro, mas cria identificação com o público de todas as regiões do país. Nesse espetáculo comemorativo, Filó, que já foi empregada, diarista, microempresária e governanta, assume que não conseguiu se aposentar e tá ali no teatro pra fazer o seu stand-up! Verdade, afinal estamos numa era em que todo mundo vira artista!

 

“Velório à brasileira”

Data: 4 de fevereiro (domingo)

Horário: 20h

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

Sinopse: “Velório à brasileira” traz um hilário retrato sobre a verdadeira face das pessoas quando ganham muito dinheiro. Uma deliciosa comédia de costumes, que mostra o velório de um funcionário de repartição, rodeado por pessoas com as quais conviveu durante sua vida e que se mostram nem um pouco comovidas pela situação, pelo contrário. Estão interessadas apenas em tirar proveito, já que o falecido havia acabado de ganhar na Mega-Sena.

 

TEATRO DE BOLSO

 

“O amante”

Datas: 9, 10, 11, 16, 17, 23 e 24 de janeiro

Horários: terça, quarta e quinta-feira, às 20h.

Duração: 60 minutos

Classificação: 16 anos

Sinopse: Em um cenário de cumplicidade, amor e desejo, Sarah e Richard aproveitam as várias formas de se relacionar e fazem suas escolhas. Optam por um formato de vida fora dos padrões sociais, o que transforma o cotidiano do casal em uma arena de disputas e desafios. A peça envolve questões pertinentes sobre a vida conjugal, como tensão, amor e paixão, e convida o espectador a refletir sobre as próprias vivências em seus relacionamentos. 

 

“Filho da… Mãe”!

Datas: 12, 13 e 14 de janeiro

Horários: sexta-feira e sábado, às 20h30; domingo, às 19h30

Duração: 75 minutos

Classificação: 16 anos

Sinopse:  Rir é melhor que chorar! Então venha aprender a fazer uma limonada com os limões que a vida te dá! Mais uma vez, Chris vem aos palcos trazendo uma mulher exausta e sobrecarregada que desabafa, xinga e grita! A todos os filhos da mãe que se metem em sua vida. Em quase um pedido de socorro, ela nos faz mudar o olhar e perceber que passamos pelo mesmo em nossas vidas e que é preciso pensar e agir para que não repitamos os padrões desse patriarcado.

 

“Desesperados”

Data: 18, 19, 20 e 21 de janeiro

Horários: quinta, sexta e sábado, às 20h; domingo, às 19h

Duração: 80 minutos

Classificação: 10 anos

Sinopse: “Desesperados” é uma comédia que aborda temas socialmente importantes: ansiedade, depressão e solidão. O espetáculo gira em torno de três personagens principais, Bia, Marcondes e Ricardo, que sofrem de depressão e carência. De tão problemáticos, as situações vividas por cada um deles acabam se tornando uma hilária comédia que promete arrancar boas gargalhadas da plateia

 

“De salto vermelho”

Datas: 25 e 26 de janeiro

Horários: quinta e sexta-feira, às 20h

Duração: 50 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: “De salto vermelho” apresenta a história de três homens a partir de suas experiências relacionais em um único propósito: a busca por aceitação e respeito nos seios familiar e social. A interação desses personagens com suas respectivas figuras maternas refletirá sua relação com o mundo e consigo mesmo.

 

“Wilde Re/Construído”

Datas: 27 e 28 de janeiro

Horários: sábado, às 20h; domingo, às 19h

Duração: 90 minutos

Classificação: 16 anos

Sinopse: Estilhaços da vida de Oscar Wilde percorrem a cena, a partir de lembranças de seus amigos mais íntimos. Enquanto isso, fragmentos do presente dialogam com esse passado distante, mostrando que os preconceitos e as discriminações da era vitoriana insistem em permanecer mais de um século depois.

 

“Óbvio – Impro Game Show”

Datas: 30 e 31 de janeiro

Horários: terça e quarta-feira, às 20h30

Duração: 90 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: “Óbvio” é um espetáculo que mistura cenas improvisadas com um game show no qual quatro improvisadores disputam o troféu da noite, tentando adivinhar as diversas coisas que a plateia sugere junto ao MC. São vários jogos de improviso e cada noite é um espetáculo totalmente diferente! O “Óbvio” precisa ser visto.

 

“O dia que Alfredo virou a mão”

Datas: 1º a 4 de fevereiro

Horários: quinta-feira, às 21h; sexta-feira, às 19h e às 21h; sábado, às 19h e às 21h; domingo, às 19h

Duração: 85 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: Alfredo é um típico empresário que está rodeado de pessoas chatas, como o sócio autoritário, o contador da firma e os namorados da filha. Todo esse ambiente o deixa descontrolado. E, para driblar as chatices do seu dia a dia, ele segue a receita nada convencional de seu psicanalista, “virando a mão” para espantar os chatos que o rodeiam, colocando muito humor e alegria em seu dia. Um espetáculo engraçado, dinâmico e cheio de surpresas.

 

SERVIÇO – 49ª CAMPANHA DE POPULARIZAÇÃO DO TEATRO E DA DANÇA NO SESC PALLADIUM

12 espetáculos em cartaz

Até 4 de fevereiro, no Grande Teatro e no Teatro de Bolso do Sesc Palladium – Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro

Ingressos e informações: https://www.vaaoteatromg.com.br/


Acontece

Cultura Bruno Gadiol
Carregar mais